Levando-se em consideração as principais referências trazidas pelo Google quando pesquisamos o termo “Tendências de Marketing Digital para 2020”, identificamos que as quatro maiores tendências são: investir no relacionamento mais humano entre empresa e cliente; parcerias com influenciadores digitais; podcasts e vídeo-marketing

Na chegada de um novo ano é importante que os empreendedores estejam atualizados em relação ao comportamento dos consumidores, uma vez que essa análise é fundamental para o crescimento de uma empresa e de um negócio.

Por isso, a Guia-se Niterói fez uma consulta de fontes renomadas que tratam do mercado de marketing para verificar quais são as quatro maiores tendências para o Marketing Digital que vão ajudar você, leitor, a escolher a melhor estratégia para impulsionar o seu negócio.

Verificamos que algumas tendências se repetiram se comparado ao ano anterior, como o recurso do Chatbot, que mencionamos no artigo em que listamos as três maiores tendências para 2019. Este recurso alcançou o primeiro lugar na qualidade de recurso mais inovador, sendo mencionado por 100% das fontes consultadas.

Nosso objetivo não é apontar qual tendência tem maior chance de acontecer neste ano. O que queremos com este artigo é auxiliar você na análise do cenário que se aproxima em relação ao marketing digital.   

Veja abaixo as tendências de Marketing Digital mais citadas

 

A humanização do relacionamento entre cliente e empresa

Mencionada por 75% das fontes consultadas, de maneira prioritária.
(Destaque para o recurso de Chatbot como estratégia mecânica para aproximar a empresa com o cliente)

A primeira pesquisa Global de Tendências de Marketing produzido pela Delloite aponta que a conexão humana é fundamental, por isso é de grande importância que as empresas comecem a investir em oferecer para o cliente a oportunidade de ter uma experiência de empatia e inclusão, não apenas no atendimento, mas em todo o processo comercial e comunicacional com o cliente. 

Neste sentido, conseguimos calcular que 75% das fontes consultadas consideram que o uso humanizada das redes sociais e canais de interação com o cliente é a maior tendência de Marketing Digital para 2020. Nossas referências recomendaram fortemente que os empreendedores tenham um canal direto para entrar em contato com o cliente, de maneira interativa, podendo este canal ser feito por redes sociais: como Whatsapp, Telegram, E-mail, entre outros.    

Além de um Marketing mais humanizado e da oferta de uma experiência inclusiva e empática, também existem recursos que, utilizados da maneira correta, podem otimizar a experiência do cliente com a empresa. Um mecanismo que imita o atendimento humano com consumidores é o Chatbot.

Este recurso, em evidência desde 2018 no mercado de marketing digital, é presente de maneira predominante em sites. O Chatbot pode facilitar o trabalho de diversos prestadores de serviços, de maneira a oferecer soluções para empresas e pessoas, acelerando e aproximando a demanda de um cliente com a oferta de um determinado serviço.

De acordo com o artigo publicado pela Grand View Research, uma das principais agências de consultoria americana, há uma previsão de que o mercado de chatbots cresça em torno de 24% anualmente, até 2025. 

O uso inteligente de recursos mecânicos em cooperação com uma interação e um relacionamento mais humanizado entre consumidores e empresas, pode oferecer um enorme potencial de retenção de público e aumento da fidelidade entre os clientes.

 

Parceria entre empresas e influenciadores digitais

Tendência mencionada  por 75% das fontes consultadas, com ênfase relevante

O Marketing sempre foi feito a partir do diálogo direto entre empresa e cliente, e agora a tendência é essa comunicação ser feita por meio de uma nova metodologia.

As mídias sociais promoveram o nascimento dos criadores de conteúdo, e cada vez mais, diversas empresas têm feito parceria com esses influenciadores para apresentar ao público seus produtos. O marketing continua sendo feito de maneira direta e falada, mas agora ele é mediado por um influenciador que representa a marca. 

A AdWeek, publicação semanal de comércio, negócios e publicidade sediada nos Estados Unidos, estima que o marketing de influenciadores valerá 35 bilhões neste ano. Investir em um influenciador pode ser uma grande oportunidade de comércio, pois ele pode atrair um público interessado para a empresa, aproximando possíveis leads com os empreendedores. 

 

Podcasts e produção de marketing de conteúdo por áudio

Mencionada por 50% das fontes consultadas e apontada como uma alternativa inovadora

Estudo promovido pela Spotfy revela que o consumo de podcasts no Brasil vêm crescendo 21% mensalmente, desde janeiro de 2018, e atualmente o Brasil é considerado o segundo país que mais consome este conteúdo no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. 

As estatísticas indicam um crescimento semelhante em outros países, com 39% de crescimento da audiência global durante o período de janeiro até abril de 2018. 

 Isso indica a importância de desenvolver um marketing direcionado para podcasts. O diferencial das plataformas de áudio em relação a outras é que ele pode oferecer de maneira mais imediata uma maior autoridade de mercado de uma empresa sobre o seu mercado consumidor.

Além disso, ele também tem um grande potencial para atrair consumidores orgânicos, como aponta a maior parte das nossas fontes em artigos publicados na internet. Portanto, patrocinar uma produtora de podcast pode ser uma alternativa de menor custo e com capacidade de agregar maior valor à marca, o que garante a rentabilidade no negócio.   

 

Utilização de Vídeos

Mencionada por 50% das fontes consultadas e apontada como uma alternativa inovadora

O consumo de vídeos apresentou um aumento expressivo segundo dados da MarketingCharts.com, que em 2019 previu o vídeo marketing como uma tendência para os próximos anos.

Também é importante mencionar que esta estratégia não é um recurso particular para ser investido diretamente no Youtube, mas também em outras redes, como o Instagram que agora possui o IGTV como espaço para divulgação de vídeos, além de lives e outras maneiras. 

Consideramos que saber trabalhar as diferentes plataformas e, principalmente, gerar conteúdo que forneça o que os consumidores querem, quando e como eles querem é fundamental.

Neste caso, é importante reforçar que o material de vídeo marketing deve atender a necessidade das pessoas, portanto é necessário cuidado para não  sujeitar o conteúdo às regras dos algoritmos e perder o foco da qualidade do material.

Entre as nossas fontes consultadas, 50% delas acreditam que conteúdo feito em vídeo pode tornar-se uma alternativa neste ano. Vale considerar que a produção de um vídeo pode ser um investimento maior comparado a um podcast, mas nem por isso deixa de ser uma boa alternativa para divulgar um empreendimento que seja do interesse dos clientes.

Conclusão e estratégias adicionais

Seja por meio de mídias sociais ou ferramentas de busca, por Chatbot ou qualquer outra alternativa, todas as fontes consultadas reforçaram a importância  de ter um relacionamento humanizado com os consumidores.

Existem diversas estratégias inovadoras que podem fazer com que o seu empreendimento possa alcançar um grande público consumidor. Entretanto, o tratamento dado pela empresa deve se direcionar para  que a experiência destes clientes seja única, e esta é a tendência mais discutida entre os experts de marketing digital. 

As agências precisam estar sempre atentas e prontas para acompanhar as transformações do mercado, a fim de ajustar as estratégias para oferecer o melhor atendimento aos consumidores. 

Os clientes, por sua vez, dificilmente vão conseguir acompanhar tamanhas alterações, novidades e tecnologias disruptivas. Por isso, contar com especialistas alinhados com as tendências de marketing digital é fundamental.

Além das tendências mencionadas, também há um crescimento exponencial das discussões a respeito das pesquisas por voz, que podem alterar significadamente as estratégias de SEO para a otimização de conteúdo para os mecanismos de busca.

O e-mail marketing também foi  mencionado como uma estratégia que pode funcionar para manter os clientes atualizados a respeito das novidades das marcas.

No entanto, o tratamento humanizado deve ser presente nos envios de e-mails, pois isto é fundamental para diferenciar uma marca que apenas dispara ofertas para consumidores, de uma empresa realmente engajada em se comunicar e se relacionar com os seus clientes. 

Metodologia utilizada para elaborar este artigo

Consultamos o Google para identificar as páginas que são referências no assunto “Tendência de Marketing Digital para 2020”. Selecionamos os players de maior referência e credibilidade, como resultados presentes na Revista Exame, Administradores.com, Resultados Digitais e StartSe Empreendedores.

Selecionamos e categorizamos as tendências que mais vezes foram mencionadas em cada um dos artigos. Procuramos não apenas quantificar de maneira estatística, mas também qualificar os dados coletados.