ANUNCIAR NO GOOGLE ADS

Seu anúncio em um dos sites de busca mais visitados do mundo!

 

Seu Site Entre os Primeiros no Google!

Procurar no Google

Não existe uma maneira de pensar na internet que não seja associada ao Google. Seus concorrentes não conseguem ultrapassar a popularidade da empresa, e o impacto que o nome ganhou na sociedade. Afinal, para qualquer pergunta e problema que precise de uma solução imediata, grande parte das pessoas te dirá para “procurar no Google”.

O que faz sentido, afinal: Onde as pessoas procuram itens de vestimenta? Alimentos? Onde procuram preços, que por vezes saem mais em conta na internet do que pessoalmente? E serviços rápidos e práticos, onde não precisam esperar tanto quanto numa ligação? Você tem a resposta. E a intenção do público se mostra clara, e com cada pesquisa que fazem, elas te dizem exatamente que problemas querem solucionar.

Então, imagine se, para problemas específicos, a página da sua empresa fosse a primeira a aparecer no mecanismo de busca mais acessado do Brasil. Interessante, não?

 

Como funciona o Google Ads

Com o Google Ads, você poderá estipular quando seu anúncio atingirá as pessoas. Por um preço, ele irá alcançar o seu público-alvo no melhor momento possível, o que inevitavelmente se reverte em vendas e clientes. Ele também te dá meios de mensurar os resultados, para que você possa testar e ajustar os seus anúncios de acordo com suas necessidades e, principalmente, o comportamento dos consumidores.

Alternativa ao Google Ads

Caso procure por mais acessos a longo prazo, trabalhamos também com SEO. Links e palavras-chave fazem ser possível que sua página seja analisada e ranqueada pelo Google, possibilitando, sem custo, seu aparecimento nas primeiras colocações. Essa técnica irá trazer resultados eficientes, porém, é um processo que exige paciência, e não será imediato.

O que é Google Ads?

Então o que é Google Ads, exatamente? O Google tem diferentes fontes de renda: Mas é neste mecanismo que a empresa tem 96% de todo seu faturamento. E por quê? Porque gera valor para seus usuários. Com lances e investimento, sua empresa será mais vista do que as que chegam organicamente ao primeiro lugar no Google. Os links anunciados no desktop possuem ao lado deles uma pequena etiqueta esverdeada com a palavra “Anúncio”. Antes eram amarelas, mas agora, há chance de sequer perceberem que é um anúncio e clicarem, já que o link é no mesmo tom de verde. Já no celular, a palavra aparece preta, pois os links ao lado são dessa cor.

O Google também conta com machine learning: O algoritmo do Google Ads analisa 70 milhões de sinais em um décimo de segundo, automatizando lances em tempo real no leilão de anúncios. Isso faz com que ele consiga, automaticamente e com precisão, escolher a audiência e o anúncio correspondente a ela.

Investimento

O Google Ads é uma mídia geralmente mais barata que as tradicionais; até mesmo comparando com grandes portais que oferecem espaço para publicidade. Além do mais, quando alguém investe em mídia convencional, como televisão ou o rádio, é muito mais difícil mensurar o retorno.

Nessa ferramenta, o usuário possui total controle sobre os valores investidos. É possível determinar o gasto por mês, por dia e por campanha. Também é possível fazer com que a cobrança seja realizada somente quando o anúncio receber cliques, ou a cada 1000 impressões (CPM), ou apenas quando ocorrer alguma conversão no site. Nela, é possível começar com pouco, avaliar o retorno e o comportamento do público, e aumentar o investimento gradativamente.

Orçamento Diário

Por exemplo, é recomendado que se invista ao menos 30 reais por dia, apesar de não haver custo mínimo para investir. Outro fato que vale a pena ser mencionado é que quanto menor o custo, menor a região em que o anúncio aparecerá.

Mesmo com pouco investimento, são necessários profissionais que saibam exatamente o que estão fazendo. Afinal, dominando o assunto, eles entenderão como segmentar e medir o quanto pode ser investido em cada anúncio. Irão avisar caso o cliente queira fazer um grande investimento que não terá um bom retorno, além de estarem sempre a par das atualizações constantes da ferramenta.

Como profissionais do ramo, estamos aqui para adaptar a ferramenta às suas necessidades!

O que é Google Ads?

No Google Ads, é possível contabilizar impressões, cliques, e saber quem realizou uma conversão no site (se realizou uma compra, preencheu um formulário, baixou seu aplicativo, ou telefonou para fazer um pedido). Também é possível “acompanhar” a pessoa, exibindo novos anúncios a ela por meio de remarketing. Tudo isso auxilia para que o anunciante tenha medidas precisas que indicarão o retorno do seu investimento.

Assim, ele pcompra? Em que ponto eles fecham o site, abandonando o processo? São estatísticas importantes para o ajuste de uma estratégia. É recomendado sempre associar a conta do Google Ads a do Google Analytics para mode identificar quais estão com poucos cliques e uma performance indesejável, e ajustar suas prioridades de acordo. Pode mudar a segmentação e priorizar o investimento onde o retorno foi melhor, além de tirar os que não estão funcionando do ar.

lém disso, ferramentas de análise como o Google Analytics podem ser utilizadas para saber mais sobre os hábitos de compras de clientes. Quanto eles pesquisam um produto antes da compra? Em que ponto eles fecham o site, abandonando o processo? São estatísticas importantes para o ajuste de uma estratégia. É recomendado sempre associar a conta do Google Ads a do Google Analytics para melhores resultados.

 

Procurar no Google

Não existe uma maneira de pensar na internet que não seja associada ao Google. Seus concorrentes não conseguem ultrapassar a popularidade da empresa, e o impacto que o nome ganhou na sociedade. Afinal, para qualquer pergunta e problema que precise de uma solução imediata, grande parte das pessoas te dirá para “procurar no Google”.

O que faz sentido, afinal: Onde as pessoas procuram itens de vestimenta? Alimentos? Onde procuram preços, que por vezes saem mais em conta na internet do que pessoalmente? E serviços rápidos e práticos, onde não precisam esperar tanto quanto numa ligação? Você tem a resposta. E a intenção do público se mostra clara, e com cada pesquisa que fazem, elas te dizem exatamente que problemas querem solucionar.

Então, imagine se, para problemas específicos, a página da sua empresa fosse a primeira a aparecer no mecanismo de busca mais acessado do Brasil. Interessante, não?

 

 

Pesquisar no Google

 

 

Como Funciona o Google Ads

Com o Google Ads, você poderá estipular quando seu anúncio atingirá as pessoas. Por um preço, ele irá alcançar o seu público-alvo no melhor momento possível, o que inevitavelmente se reverte em vendas e clientes. Ele também te dá meios de mensurar os resultados, para que você possa testar e ajustar os seus anúncios de acordo com suas necessidades e, principalmente, o comportamento dos consumidores.

Alternativa ao Google Ads

Caso procure por mais acessos a longo prazo, trabalhamos também com SEO. Links e palavras-chave fazem ser possível que sua página seja analisada e ranqueada pelo Google, possibilitando, sem custo, seu aparecimento nas primeiras colocações. Essa técnica irá trazer resultados eficientes, porém, é um processo que exige paciência, e não será imediato.

O que é Google Ads?

Então o que é Google Ads, exatamente? O Google tem diferentes fontes de renda: Mas é neste mecanismo que a empresa tem 96% de todo seu faturamento. E por quê? Porque gera valor para seus usuários. Com lances e investimento, sua empresa será mais vista do que as que chegam organicamente ao primeiro lugar no Google. Os links anunciados no desktop possuem ao lado deles uma pequena etiqueta esverdeada com a palavra “Anúncio”. Antes eram amarelas, mas agora, há chance de sequer perceberem que é um anúncio e clicarem, já que o link é no mesmo tom de verde. Já no celular, a palavra aparece preta, pois os links ao lado são dessa cor.

O Google também conta com machine learning: O algoritmo do Google Ads analisa 70 milhões de sinais em um décimo de segundo, automatizando lances em tempo real no leilão de anúncios. Isso faz com que ele consiga, automaticamente e com precisão, escolher a audiência e o anúncio correspondente a ela.

 

 

 

Google Ads

 

Investimento

O Google Ads é uma mídia geralmente mais barata que as tradicionais; até mesmo comparando com grandes portais que oferecem espaço para publicidade. Além do mais, quando alguém investe em mídia convencional, como televisão ou o rádio, é muito mais difícil mensurar o retorno.

Nessa ferramenta, o usuário possui total controle sobre os valores investidos. É possível determinar o gasto por mês, por dia e por campanha. Também é possível fazer com que a cobrança seja realizada somente quando o anúncio receber cliques, ou a cada 1000 impressões (CPM), ou apenas quando ocorrer alguma conversão no site. Nela, é possível começar com pouco, avaliar o retorno e o comportamento do público, e aumentar o investimento gradativamente.

Orçamento Diário

Por exemplo, é recomendado que se invista ao menos 30 reais por dia, apesar de não haver custo mínimo para investir. Outro fato que vale a pena ser mencionado é que quanto menor o custo, menor a região em que o anúncio aparecerá.

Mesmo com pouco investimento, são necessários profissionais que saibam exatamente o que estão fazendo. Afinal, dominando o assunto, eles entenderão como segmentar e medir o quanto pode ser investido em cada anúncio. Irão avisar caso o cliente queira fazer um grande investimento que não terá um bom retorno, além de estarem sempre a par das atualizações constantes da ferramenta.

Como profissionais do ramo, estamos aqui para adaptar a ferramenta às suas necessidades!

 

 

 

 

 

ROI (Retorno Sobre Investimento)

No Google Ads, é possível contabilizar impressões, cliques, e saber quem realizou uma conversão no site (se realizou uma compra, preencheu um formulário, baixou seu aplicativo, ou telefonou para fazer um pedido). Também é possível “acompanhar” a pessoa, exibindo novos anúncios a ela por meio de remarketing. Tudo isso auxilia para que o anunciante tenha medidas precisas que indicarão o retorno do seu investimento.

Assim, ele pode identificar quais estão com poucos cliques e uma performance indesejável, e ajustar suas prioridades de acordo. Pode mudar a segmentação e priorizar o investimento onde o retorno foi melhor, além de tirar os que não estão funcionando do ar.

Além disso, ferramentas de análise como o Google Analytics podem ser utilizadas para saber mais sobre os hábitos de compras de clientes. Quanto eles pesquisam um produto antes da compra? Em que ponto eles fecham o site, abandonando o processo? São estatísticas importantes para o ajuste de uma estratégia. É recomendado sempre associar a conta do Google Ads a do Google Analytics para melhores resultados.

Como Anunciar no Google Ads – Segmentação

A ferramenta oferece anúncio em momentos chave para seu público, e isso só acontece por ela permitir diferentes formas de segmentação, aumentando a própria eficácia. Você pode também misturar as segmentações, gerando formas de publicidade criativas! Veja as que o Google Ads oferece:

Keywords ou Palavras-Chave

Os anúncios serão exibidos para as pessoas que realizarem alguma busca no Google utilizando palavras ou frases que representem os produtos e serviços, ou que já visitaram websites sobre esse mesmo assunto pesquisado (histórico de navegação).

Público-Alvo

Com segmentação por público-alvo é possível exibir anúncios para pessoas interessadas mesmo quando essas pessoas estiverem navegando em websites, usando aplicativos ou assistindo vídeos que não estejam diretamente relacionados aos seus produtos e serviços.

Tópicos e Canais

A plataforma permite escolher algum tópico específico, e os anúncios serão exibidos em vários sites sobre esse determinado tópico. Também é possível escolher diretamente os sites que são mais acessados pelo seu público, e exibir seus anúncios neles.

Local de Exibição do Anúncio

É possível escolher onde os anúncios serão exibidos: em mecanismos de pesquisa, sites comerciais ou sites pessoais (blogs, por exemplo).

Idade, Local e Idioma

É possível escolher onde os anúncios serão exibidos: em mecanismos de pesquisa, sites comerciais ou sites pessoais (blogs, por exemplo).

Programação (dias, horários e frequência)

Existe a possibilidade de exibir os anúncios em determinadas horas ou dias da semana, e escolher a frequência de exibição desses anúncios.

Segmentação por Dispositivos

Os anúncios podem ser exibidos em todos os tipos de dispositivos (computadores, laptops, tablets e smartphones), e você pode ajustar quando e em quais deles seus anúncios vão aparecer.

Tipos de Anúncios no Google Ads

Não sabe o que a ferramenta oferece ainda? Veja onde sua empresa pode se divulgar!

Rede de Pesquisa

São os resultados de busca do Google e de sites parceiros de busca. Anúncios são exibidos nas quatro primeiras posições; e para palavras-chave de concorrência, também nas três últimas. Além de sites de pesquisa do próprio Google (contando com Google Play e Google Shopping), também fazem parte desta rede os resultados de busca de portais como UOL e Terra. Também participam sites menores que tem mecanismos de buscas internos e fazem parte da rede de afiliados do Google; o Google AdSense.

Youtube Ads

O Youtube tem uma relevância na sociedade quase tão grande quanto o Google, sendo o segundo maior buscador de informações online. É, também, propriedade do próprio Google. Centenas de milhares de pessoas o acessam todos os dias, assistindo a mais de seis bilhões de horas em vídeo. A empresa pode escolher anunciar em banners, vídeos, etc.

Rede de Display

É composta por milhares de sites dos mais diversos segmentos, do NYTimes até o Gmail e Youtube. A rede também exibe anúncios para sites e aplicativos dispositivos móveis (mobile). A Rede de Display permite selecionar, de forma detalhada, os assuntos da página ou sites em que os anúncios serão exibidos e para qual público-alvo, os fazendo aparecer em domínios relevantes ao que será vendido. Podem ser anúncios de texto, gráfico, interativos, e em vídeo.

Google Shopping

O Youtube tem uma relevância na sociedade quase tão grande quanto o Google, sendo o segundo maior buscador de informações online. É, também, propriedade do próprio Google. Centenas de milhares de pessoas o acessam todos os dias, assistindo a mais de seis bilhões de horas em vídeo. A empresa pode escolher anunciar em banners, vídeos, etc.

Campanhas para Aplicativos Móveis

Sua marca possui um aplicativo? O Google Ads também dá diversas possibilidades de o divulgarem para que as pessoas façam o download. Você pode promove-lo na Rede de Pesquisa, Rede de Display, Youtube, ou decidir por divulgar uma campanha no Google Play. Além disso, é possível encontrar pessoas com interesse no conteúdo do aplicativo, fazer com quem já o instalou volte a usá-lo, e realizar ações.

Anúncios para Lista de E-Mail

Com este recurso, é possível utilizar uma base de e-mail de clientes para quais surgirão anúncios nas pesquisas do Google, no Gmail ou Youtube. Assim, é possível criar campanhas para pessoas que já são seus clientes, ou para determinados grupos. Isso traz um grande potencial de reativação de clientes com promoções, e possibilita campanhas para gerações de leads: quando se gera um público-alvo semelhante ao da lista de e-mails, com o intuito de impactar pessoas com o mesmo perfil da lista existente.

“Público-Alvo Semelhantes”

Com esta função, é possível encontrar novas pessoas com características semelhantes a clientes ou leads; pessoas que demonstraram interesse no seu negócio.

Remarketing

Essa estratégia visa exibir anúncios de sites que um usuário já demonstrou interesse. Por ela, é possível alcançar pessoas que já utilizaram seu site ou aplicativo. Quando as pessoas são listadas por páginas com a tag “remarketing” do Google Ads, é como se ficassem “marcadas” durante algum tempo.

Campanhas Apenas Para Chamada (Calls Only)

Para empresas que não possuem um site ainda, ou preferem receber chamadas telefônicas. Sim, é possível configurar uma campanha só para chamadas! Com isto, ao invés de cliques, os lances vão gerar chamadas telefônicas automáticas, em vez de um redirecionamento a uma página.

4 Motivos Para Escolher a Guia-se

Melhor Custo Benefício

Com um investimento justo você terá um ótimo site, que poderá gerar grande visibilidade e atrair clientes.

 

Garantia de Qualidade

Seu site será desenvolvido com técnicas avançadas para criação de sites, garantindo a qualidade desejada.

 

Customização

Iremos desenvolver o seu site com as particularidades que você procura, garantindo uma identidade única.

Foco em Resultado

Contamos com profissionais multidisciplinares com grande capacidade em trabalhar focado na sua entrega.

Trabalhe com quem sabe

como fazer Google Ads

 

Conte-nos um pouco sobre a sua empresa e porque gostaria de fazer anúncios na web. É só clicar no botão abaixo e preencher o formulário! Retornaremos seu contato e trabalharemos para projetar sua empresa no Google.

PERGUNTAS FREQUENTES

Por que “Google”?

O Google surgiu na década de 90, como um projeto de pesquisa universitária. Inicialmente, foi chamado de BackRub. Com o tempo, mudaram o nome para Google, como um erro de ortografia da palavra “googol”, que significa o número 1 seguido de cem zeros. Isso quis refletir a quantidade de informação que o motor de busca poderia processar; além da missão de organizar uma quantidade incalculável da mesma na internet.

Navegador do Google

O Google Chrome é o navegador do Google, e ele também sai a frente dos concorrentes. De acordo com o NetMarketShare, ele consiste em 65.57% de usuários globais em computadores, com o segundo lugar sendo o Internet Explorer, com apenas 9.64%. Em celulares, ele tem 62.53% usuários globais. O Safari, da Apple, vem em segundo, com 29.12%.

Google Ads ou Google Adwords?

Google Ads é um rebrand do antigo Google Adwords, que ocorreu em 2018. Seu objetivo foi simplificar, refletindo as capacidades e a trajetória que a empresa procurava – e ainda procura – seguir.

Quanto devo investir em anúncios?

Há uma coisa que precisa ser dita: Cada situação é diferente.

A da sua empresa será minunciosamente analisada, com foco no seu segmento, concorrência, e objetivos. Por isso, nenhum orçamento é igual. Quanto se investe dependerá de diversos fatores, inclusive, do quanto está disposto a gastar.