É possível criar um site gratuitamente para o meu negócio?

É possível criar um site gratuitamente para o meu negócio?

Como um bom empreendedor (independente do segmento) você sabe que hoje em dia é vital estar online. Ou seja, é preciso estar presente na internet. É fundamental para a sobrevivência do seu negócio fornecer um meio para os clientes em potencial encontrarem a sua empresa e aprenderem sobre o que você oferece. Inclusive já falamos aqui que o site da sua empresa pode ser uma ferramente importante na prospecção de clientes. Mas se você está começando do nada, talvez esteja se perguntando: “É possível criar um site gratuitamente para o meu negócio?”

Talvez você não tenha muita habilidade em construir sites. E talvez você não tenha muito dinheiro para gastar para que alguém o crie para você também.

Então o que você pode fazer?

Sim, você pode criar um site gratuitamente

De forma simples objetiva podemos dizer que a resposta é sim. Você pode criar um site para sua empresa gratuitamente.

Há vários serviços de construtor de sites que permitem criar um site básico gratuitamente. Existem opções mais simples e outras bastante robustas, em nível avançado. No entanto, na maioria dos casos, haverá algumas limitações em termos de opções de design e outras restrições. Conhece aquele ditado que diz que “não existe almoço grátis”?

Por exemplo, uma opção popular envolve a criação de um site sem custo inicial. O problema é que você só pode desfrutar deste site gratuito por um tempo limitado. Então você terá que se inscrever para um plano pago, uma vez que o período de teste expirar.

Moral da história, você pode procurar uma solução gratuita de criação de site. Na grande maioria dos casos você encontrará termos onde você poderá criar um site que permanece livre por um período não especificado. No entanto, você quase certamente obterá alguns recursos básicos quando escolher a opção gratuita.

Um site gratuito vai atender as suas necessidades?

Digamos que você planeje montar um e-commerce para vender alguns produtos. Você quer ser capaz de oferecer aos clientes a chance de navegar pela sua gama de produtos. E você gostaria que eles pudessem fazer pedidos no seu site. Além disso, você deseja oferecer diferentes opções de pagamentos online e ainda dividir o pagamento. Ah, é claro que uma integração com um meio de transporte também será muito bem vinda, não é mesmo?

Mas vamos combinar que você para ter tudo isso disponível em seu e-commerce será preciso ter um conhecimento além do básico, certo? Será difícil inserir todas estas funcionalidades em seu site gratuitamente, sem a participação de alguém que tenha um conhecimento no mínimo intermediário.

A maioria dos sites gratuitos será restrita a um máximo de cinco páginas. Além disso, em determinado momento você irá descobrir que não é possível usar um nome de domínio personalizado. Então você pode considerar outra opção, concordar em ter anúncios dentro do seu site. Em troca, você recebe um domínio personalizado “gratuitamente”. Que tal?

Perceba que você pode sim ter um site para o seu negócio gratuitamente. Tudo o que você precisa gastar é o tempo que leva para criá-lo. No entanto, você terminará com um site muito básico.

Um site básico para a sua empresa. Era isso que você esperava?

Antes de seguir adiante com um site básico, contendo aquilo que foi possível fazer com uma versão grátis, considere o seguinte: ter apenas um site simples que você adquiriu gratuitamente pode enviar a mensagem errada sobre sua empresa.

Muitos clientes terão no site institucional a primeira impressão do seu negócio. Neste momento eles irão criar as suas impressões sobre o seu serviço ou produto. Se a impressão não for a que ele esperava ele sai em segundos e encontra outras inúmeras opções online. Em poucos cliques.

Ao final de todo o esforço para botar o seu e-commerce, ou até mesmo o site institucional no ar você terá o resultado que foi possível ser alcançado. Você certamente não terá aquilo que você realmente desejava. Esta é a realidade quando você parte para um projeto onde o orçamento é um limitador. Ou seja, é claro que é possível criar um site gratuito. Mas é importante que você tenha em mente que você irá gastar um tempo considerável para alcançar um resultado aquém do que você esperava.

Existe uma solução mais robusta para criar sites gratuitamente. Ela chama-se WordPress!

O WordPress nasceu como um CMS (Content Management System) voltado para a publicação de blogs. Com o tempo ele foi se desenvolvendo e hoje há milhões de sites desenvolvidos tendo como base o WordPress. Grandes corporações usam este plataforma.

Ele certamente permitirá que você faça um site por conta própria, gratuitamente. Este é apenas um dos muitos motivos que fazem com que ele seja tão popular. O WordPress é gratuito, tem código aberto e possui uma comunidade extremamente ativa, o que significa que é possível achar muitos tutoriais online. Além disso, tudo o que você precisa para colocar seu site em funcionamento é um nome de domínio e uma solução de hospedagem confiável na web.

No entanto, como na vida nem tudo são flores, você precisará de algumas habilidades básicas de web design para obter o melhor do site WordPress. Além disso, seu site terá melhor desempenho se você aproveitar algumas das ferramentas e recursos integrados oferecidos pelo WordPress. Será preciso ter familiaridade com o funcionamento do seu painel de controle, de como funcionam seus temas e plugins. Com isso, você conseguirá fazer um site mais robusto, com mais recursos e com layout bem elaborados. Porém, lembre-se que para chegar neste ponto será preciso investir horas durante alguns dias. E ainda assim, o resultado final poderá não ficar do jeito que você desejava e, o que é pior, não oferecer uma boa experiência ao seu cliente.

Conclusão

Como você pode ver é possível criar um site gratuitamente. No entanto, cabe a você decidir se essa opção gratuita permitirá que você crie o site adequado para o seu negócio. Lembre-se que o seu site deve servir como um meio de oferecer a melhor experiência possível para o seu público. Neste sentido, o site precisa atender as suas necessidades e, principalmente, as necessidades do seu cliente. Em outras palavras, pense bem se esta será uma economia vantajosa.

Veja em nosso site as características necessárias na hora de contratar o serviço de criação de site. Veja ainda dicas para contratar uma gência de marketing digital, caso você esteja considerando terceirizar a criação do site.

Artigo baseado no site Business Opportunities Biz. Artigo original: Can You Create a Website for Your Business for Free?

Como transformar o seu site em um imã de Leads

Como transformar o seu site em um imã de Leads

Muitos proprietários de pequenas empresas ainda acreditam que basta criar um site e os clientes virão e comprarão a partir dele. Mas infelizmente, este conceito de “construa e eles virão” só funciona em filmes ou em peças publicitárias fantasiosas. Para transformar seu site em um ímã de leads, não basta apenas ter um conteúdo informativo ou um site bem projetado. É preciso fazer mais.

Torne seu site um verdadeiro ímã de Leads!

Recentemente, no Small Business Radio Show , Beth Thouin, vice-presidente de marketing digital da Web.com, discutiu como usar seu website como parte fundamental de sua estratégia de marketing. Como seu site é equivalente a um local de varejo, ela sugere pensar nos melhores canais de marketing para atrair clientes para esse local.

Beth descreve o uso de táticas distintas em cada parte do ciclo de compra, o que inclui conscientização, consideração e repetição da compra. Ela enfatiza que “a localização é um canal de descoberta” – as pessoas estão procurando quem não precisa de seu produto ou serviço naquele exato momento. Mas, independentemente disso, os clientes o veem (conscientização) e pensarão no seu negócio quando precisarem de uma solução que você resolva (consideração).

Repense seu uso de canais de marketing

Beth quer que donos de pequenos negócios pensem em canais de marketing como estradas. Todos eles levam ao seu site em vários estágios do ciclo de compra. Por exemplo, você pode anunciar no Facebook ou no Instagram para criar reconhecimento da marca. Você também pode publicar artigos de blog. Eles devem aparecer na primeira página das buscas orgânicas que mostram sua empresa. E eles posicionam você como um especialista em resolver o problema de um cliente.

Diretórios e listagens como o Google Meu Negócio são onde muitos clientes também encontram empresas. Backlinks também podem trazer tráfego altamente qualificado. Beth não quer que as pequenas empresas se esqueçam das coisas físicas que podem fazer para criar consciência, como cartões de visita, vitrines, sacolas de compras e camisetas.

Orçamento de marketing para pequenas empresas

Beth revela que quase metade das pequenas empresas usam um orçamento de menos de US $ 10.000 por ano e cerca de 20% desse orçamento está em publicidade social e outros 20% em sites. Ela diz que “não importa quanto dinheiro você gasta, o que conta é quanto você paga por cada novo cliente adquirido on-line, comparado ao valor vitalício”.

O custo para obter um cliente pode ser facilmente rastreado pela maioria das plataformas de publicidade relatório sobre desempenho; Eles dizem quanto custa para obter um visitante para o seu site. O Google Analytics , uma plataforma gratuita, também pode informar quais visitantes desse canal de publicidade se tornam clientes pagantes.

 

Artigo baseado no site Small Business Trends. Artigo original: How to turn your website into a lead magnet

Crédito do Vetor: https://br.freepik.com/vetores-gratis/fundo-de-marketing-de-entrada_3531567.htm

Como aumentar o tráfego de um site

Como aumentar o tráfego de um site

Veja 5 dicas que podem te ajudar a aumentar o tráfego de um site.

É comum algumas empresas desenvolverem um site e depois dizerem que ele não está dando resultado. Mesmo quando contratam o serviço de um profissional, esperam que seus sites funcionem e vendam bem suas ideias ou produtos, mas sozinhos. E isso dificilmente vai acontecer. Pois desenvolver um website é apenas um primeiro passo em direção ao negócio digital. Mas sozinho ele não é suficiente.

Um site pode ser uma excelente fonte de lucro ou propaganda, sim, mas desde que você tenha um trabalho adequado para que isso se torne realidade. Ações importantes precisam ser implementadas e mantidas ao longo do tempo. Portanto, nosso objetivo ao longo deste artigo é mostrar mostrar como aumentar o tráfego de um site com cinco dicas fundamentais.

1. Usar boas práticas de SEO

Para que as pessoas encontrem seu site em resultados de sites de busca, como o Google, siga algumas regrinhas importantes. Elas são chamadas de boas práticas de SEO (sigla para Search Engine Optimization). Ou seja, com estas regras em prática, seu site ficará otimizado para mecanismos de busca. Vejamos alguns exemplos: Primeira grande dica: é que o endereço do site (a URL) faça referência à sua empresa (exemplo: www.minhaempresa.com.br). A URL é um item altamente relevante para o Google ao buscar por uma determinada palavra chave.

As páginas do seu site também devem ter endereços amigáveis, que digam do que ela se trata. Tome como exemplo o endereço deste artigo (http://guiase.niteroi.br/como-aumentar-o-trafego-de-um-site/). Ao varrer o seu site o robô do Google irá identificar facilmente qual o assunto que esta página trata. Isso significa que, é essencial que você tenha um blog e publique artigos regularmente. Outra dica importante é que seu site seja desenvolvido em WordPress.

2. Ter um visual amigável

O design é muitíssimo importante para que um site tenha um bom tráfego. Pois de nada adianta o usuário chegar nele e nunca mais querer voltar. Assim, a boa navegabilidade é de essencial importância. Isso é, o visitante deve conseguir navegar facilmente pelo seu site. Este quesito pode ser alcançado com um bom planejamento do site ainda na arquitetura da informação. Nesta parte inicial no planejamento de um site, ele deve ser desenhado pensando na experiência do usuário.

Também chamada de UX (User Experience), ela é uma das chaves para você aumentar o tráfego de um site. Uma prova da importância do User Experience para um site é que hoje há profissionais no mercado exclusivamente dedicados a esta função. Ou seja, há empresas que contam com um funcionário dedicado exclusivamente para atuar buscando melhorar a experiência do usuário em seu site.

3. Ser responsivo

Não dá para pensar em desenvolver um site hoje sem que se pense em acesso pelo celular. Isso significa que, ao criar um site o conceito de Mobile First (ou dispositivos móveis primeiro) precisa ser levado em consideração, pois grade parte do seu público estará vendo o seu site por dispositivos como um celular. Publicada em julho de 2018 pelo site da Agência Brasil, a pesquisa TIC Domicílios 2017 mostrou que o celular já é o principal meio de acesso à internet no país. Desta forma, o conceito “Mobile Friendly” deve ser perseguido como primordial para aumentar o tráfego de um site. Inclusive, vale destacar que o Google considera a responsividade como um dos itens para ranquear uma página em seu mecanismo de busca. Por fim, a boa notícia é que alguns sites gerados com temas que não são adequados para celular podem se tornar responsivos com plugins instalados na plataforma.

4. Carregamento rápido

O tempo de carregamento de um site influencia diretamente no tráfego para ele. Isso acontece porque ter um carregamento rápido é uma das boas práticas de SEO consideradas pelos mecanismos de busca. Desta forma, para verificar se seu site tem um bom tempo de carregamento, você pode utilizar ferramentas online gratuitas. Web Page Analyzer é uma delas. Além de analisar o tempo de carregamento, ela informa boas práticas para diminuir essa velocidade. Ou seja, basta colar o endereço do site na barra “Enter URL to diagnose” e clicar em “Enviar” para receber o diagnóstico.

5. Campanhas nas mídias sociais

Isso mesmo! Você não leu errado… Não só campanhas no Google ou nos buscadores podem servir para aumentar o tráfego de um site. Você também pode fazer campanhas em mídias sociais apontando para ele. É importante mencionar aqui a importância de um orçamento mensal da sua empresa para investimento em marketing digital. No caso de mídias sociais, por exemplo, com um pequeno valor, já é possível obter bons resultados. E, se o resultado esperado é aumentar o tráfego de um site, você irá alcançar.

Neste artigo listamos apenas 5 dicas sobre como aumentar o tráfego de um site. Perceba que estas 5 já irão demandar um tempo considerável do seu dia. Além disso, há itens como o carregamento rápido do site que poderão demandar a execução de ações muito técnicas. Sendo assim, para maximizar a performance do seu site e fazer com que ele se destaque entre os seus concorrente, gerando ainda mais resultados para o seu negócio, você necessitará do apoio de especialistas na criação de site.

SEO para Pequenas e Médias Empresas

SEO para Pequenas e Médias Empresas

O SEO é um dos mecanismos mais importantes do marketing digital. Isso tem a ver com a melhoria de vários aspectos nos endereços online, e será essencial para conquistar muitos objetivos de sua atuação na internet.

Para que as táticas de SEO sejam executadas corretamente, devem-se considerar diversas ações e conhecimentos. Somente a partir disso é que os primeiros efeitos surgem. Então, é indispensável que tudo seja realizado de forma profissional e com uma boa expertise sobre o tema.

Veja o que é mais relevante sobre SEO para as pequenas e médias empresas e descubra como essa tática pode realmente ajudar o seu site a ter mais visibilidade.

O que é SEO e como funciona?

Sigla para Search Engine Optimization, o SEO é composto por todas as ações que visam a otimizar uma determinada página para os mecanismos de busca. Ou seja, essas técnicas fazem com que os endereços online tenham boa visibilidade para os sites como o Google, o que conta para a organização dos resultados de pesquisa.

O funcionamento é simples: para exibir os elementos de busca de acordo com a relevância, o Google usa algoritmos. Eles são “robôs” que escaneiam o que há em uma determinada página, de modo a identificar se ela atende ao que o usuário (quem fez a pesquisa) deseja saber.

Para tal classificação, são considerados centenas de fatores. Alguns são mais importantes do que outros, e no final os algoritmos do Google determinam se um site estará nas posições elevadas da primeira página ou se ficarão mais para trás entre os resultados da pesquisa.

Uma boa tática de SEO consiste em explorar os principais elementos, utilizando técnicas, atualizações e modificações que sejam consideradas positivas pelos algoritmos de análise do Google.

Por que só construir um site não é o bastante?

Para que essa técnica SEO possa ser aplicada, é preciso que o negócio tenha um endereço próprio na web. Contudo, esse é apenas o primeiro passo, e não é uma condição suficiente por si só. Ou seja, ter um site é indispensável, mas não será o bastante quando se fala em otimização para mecanismos de busca.

O SEO para pequenas e médias empresas envolve uma série de ações que, muitas vezes, são consideradas complexas por amadores. É preciso estudar o posicionamento atual de um site, verificar os concorrentes e traçar as ações que tenham maior efetividade. Assim, é viável conseguir posições melhores no Google, aumentando as chances de que o seu site seja encontrado por clientes em potencial.

Portanto, ter um site não significa alavancar seu negócio nas pesquisas on-line ou obter os efeitos desejados em suas expectativas de marketing. Depois dessa etapa, é fundamental pensar em todas as ações que serão necessárias para construir a otimização. Vale a pena apostar em bons conteúdos e em uma excelente estratégia de mercado.

 

 

Qual a importância do SEO para pequenas e médias empresas?

O SEO é muito benéfico e importante para as PMEs por diversos motivos. Um deles é que ter posições melhores no Google — ou em qualquer outro buscador online — significa que você vai aumentar as chances de receber visitas. Com o aumento do tráfego, há uma maior geração de oportunidades de relacionamentos e para fechar negócios.

Outra questão é que isso amplia a exposição de sua marca, seu alcance orgânico e até o reconhecimento sobre a empresa. Em relação a outras PMEs, o empreendimento poderá se destacar e conseguir um desempenho incrível.

Além de tudo, essa é uma iniciativa que ajuda a melhorar os resultados do marketing digital. Isso funciona, inclusive, no que se refere aos empreendimentos de maior porte. Se é assim, os negócios de pequeno porte conseguem se destacar no mercado também e aumentam as chances de vender mais.

O bom emprego das técnicas de SEO para pequenas e médias empresas é uma forma de consolidar resultados diferenciados a partir da presença digital. Já que isso não é o mesmo do que ter um site, não deixe de ter o apoio de uma agência para que essa estratégia renda os frutos desejados.

Porque criar um site para a sua empresa

Porque criar um site para a sua empresa

Hoje em dia grande parte dos consumidores está conectado, ou seja, está online. Seja na tela do computador de mesa (em casa ou no trabalho), seja em dispositivos móveis como tablet, celular ou notebook, tenha a certeza de que o seu cliente gasta muitos minutos online.

Se o seu público for de jovens essa conectividade se torna maior ainda. Não é exagero dizer que os jovens vivem online. Diferentes pesquisas indicam que muitos consumidores fazem pesquisas na Internet antes de efetuar uma compra. Eles procuram obter mais informações, analisam a satisfação de outros, procuram o melhor preço e depois de várias etapas partem para a compra. Em muitos casos a compra é feita online mesmo.

Em um mundo cada vez mais conectado, criar um site para a sua empresa é essencial. Trata-se de um canal direto com o seu público alvo, totalmente alinhado com uma nova forma de consumo, onde boa parte das etapas até o fechamento da compra acontece online. Portanto, esteja online!

O site profissional não é um diferencial. É um item obrigatório.

Primeiramente entenda que ter um site já não é um diferencial. Assim como é importante ter uma marca que identifique o seu negócio é preciso que exista um site para que o seu negócio possa ser encontrado. Experimente fazer uma pesquisa no Google procurando pelos seus concorrentes e veja quantos deles já possuem um site. Caso eles tenham um site e a sua empresa ainda não isso significa que você está perdendo clientes para eles. As pessoas que usam a Internet procurando pelo seu produto ou serviço encontrarão os seus concorrentes mas não encontrarão a sua empresa. A partir da criação do site você colocará o seu empreendimento online, assim como seus concorrentes já estão fazendo. Você estará cumprindo uma etapa importante, porém básica. Seu negócio não irá bombar no dia seguinte, não irá chover contatos imediatamente após a publicação do site. Neste momento você estará dando um passo fundamental para que a sua empresa seja encontrada na Internet. Será também uma oportunidade de iniciar outras ações online.

Em conclusão, com um site bem organizado, com o conteúdo certo e atualizado, você pode oferecer ao seu cliente a informação que ele procura. Neste momento seu cliente estará em contato com a sua empresa. É hora de atrair a atenção deste visitante e fazer com que ele faça contato para, mais a frente converter este contato em uma venda. Ou seja, um site no ar durante todos os dias da semana irá servir como uma excelente porta de entrada para que o público em geral conheça o seu produto ou serviço. Tudo isso com um custo acessível e sem demandar horas e horas do seu trabalho, afinal, você precisa otimizar o seu tempo para a gestão da sua empresa, certo?

Entenda porque criar um site para a sua empresa.

Credibilidade para a empresa

Ao criar um site (um site bem elaborado, é claro) a sua empresa irá transmitir uma imagem de credibilidade. Você transmite a mensagem de que está presente no ambiente online, à disposição do consumidor. Abrir um canal de relacionamento de forma efetiva, demonstrando a vida da sua empresa gera confiança e a sua empresa irá conquistar pontos importantes na mente do cliente. Todavia, vale destacar que mais importante do que criar um site é ter um site de qualidade e com bom conteúdo.

Divulgação da empresa

Tornar a sua empresa ainda mais conhecida, sendo vista por pessoas de muitos lugares, podendo atingir uma escala nacional ou até internacional, dependendo do seu ramo de atuação. O marketing digital tem esse potencial. Ele é usado como uma excelente ferramenta por muitas empresas que desejam atingir bons resultados com ações online. Tendo um site no ar a sua empresa estará em uma vitrine permanente, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Ao criar um site você estará criando uma estratégia para que o seu cliente potencial encontre a sua empresa e obtenha de forma rápida as informações mais relevantes.

Aumento das vendas

Em tempos de vacas magras (magérrimas, diga-se de passagem), apalavra crise aparece inúmeras vezes no noticiário. A medida que você nota que o faturamento já não é o mesmo de tempos atrás, aumentar as vendas é tudo o que você mais quer, não é verdade? Investir na criação de um site para a sua empresa pode te ajudar nisso.
A medida que um potencial cliente encontra o seu site e gosta do que vê já é um grande passo para que ele se torne um cliente efetivo. Se você trabalhar com a venda de produtos a possibilidade de uma venda direta no momento em que o cliente viu no seu produto o que ele tanto procurava é quase que instantânea. O desafio é ser encontrado e conseguir mostrar valor ao cliente.

Ampliação da clientela

Trabalhando e publicando o conteúdo certo em seu site você estará no caminho certo para despertar o interesse do público e, consequentemente, ampliar a clientela. Lembre-se de que a internet tem cobertura global. O site da sua empesa vai permitir que sua marca, produto ou serviço seja visto durante todos os dias da semana. Desta forma muitos poderão saber ainda mais a respeito do seu negócio.

O site tem vantagens em relação a redes sociais

Muitos empresários nos questionam sobre a necessidade de criar um site se eles já possuem uma página no Facebook. O argumento frequentemente usado é o da “gratuidade” da página; “mas lá no Facebook eu não pago nada e tenho uma página que meu funcionário mantém pra mim.” Porém, o site apresenta vantagens que o Facebook não tem. É importante lembrar que a idéia do Facebook é ser uma rede social, ou seja, é uma plataforma onde você precisa estar dialogando com os seus clientes constantemente e isso tem um custo. O custo precioso de tempo. Pode ser você mesmo, seu funcionário, uma agência, alguém tem que gastar um tempo grande para fazer uma arte, elaborar uma postagem, planejar o conteúdo, programar o melhor dia e hora, responder os comentários etc.

O site é uma vitrine: um espaço que você tem que manter, mas entre um espaço de tempo muito mais longo do que as redes sociais. Criando um site, você pode querer atualizar conteúdo de acordo com o tempo que acha melhor, sem a preocupação de estar sempre visível e respondendo clientes; e sem a preocupação de ter sempre novas artes e inovar em padrões de design. Quando ele estiver pronto, a probabilidade é de você querer mudar o design somente anos depois. Ou seja, o seu site não demandará tanto tempo quanto o Facebook ou Instagram.

Ainda sobre as vantagens do site frente a redes sociais, você tem total flexibilidade de criação dentro do seu site. Você pode construí lo ao seu gosto. Você irá escolher cores, imagens, figuras, a melhor fonte e todo o conteúdo. Tudo será feito à sua maneira. No Facebook esta personalização não existe. Pense num terreno onde você pode subir uma casa do seu jeito, com quantos cômodos quiser, com as cores ao seu gosto. Agora pense num apartamento alugado, onde você tem várias limitações. É por aí a diferença entre o seu site e o Facebook. Quando o cliente acessar o seu site ele logo terá a percepção de que encontrou a sua empresa pois toda identidade visual irá remeter a identificação do seu negócio. Isso é muitíssimo importante.

Com o grande alcance e familiaridade que o público tem com redes sociais, muitos empreendedores ainda questionam “porquê a minha empresa deveria investir recursos na criação de um site?” O site é uma excepcional maneira das marcas fincarem a sua presença no mundo online, além das fronteiras do Facebook e Instagram. Há milhões e milhões de pessoas que consultam serviços ou produtos no Google e não fazem esta consulta enquanto olham as redes sociais. Um site permite ainda que você apresente dados relevantes da sua empresa para o seu público alvo.

A questão da busca abre espaço para que a sua empresa seja encontrada (é a famosa e tão propaganda “encontrabilidade”). Outra diferença relevante é que ao criar um site para a sua empresa você conseguirá agrupar informações relevantes num mesmo local. Informações como portfólio, histórico, valores, serviços prestados, local, formulário para contato, fotos. Nas redes sociais, o mais comum é que as pessoas naveguem pela sua própria linha do tempo. Não é tão comum as pessoas navegarem pela página de uma empresa, enquanto no Google, chegam buscando o serviço específico que desejam. E, com um site completo e acessível, é capaz dela contratarem o seu.

Por isso você precisa ter em mente a importância de criar um site para a sua empresa, independente do tamanho do seu negócio. Seja para o empreendedor individual, para o micro, pequeno, médio ou grande empresário estar online é um requisito mandatário. Por esta razão, trabalhamos para criar site para empresas.

QUERO TER UM SITE PARA MINHA EMPRESA!