Todo negócio eventualmente percebe que muito do seu marketing pode ser automatizado. Já passaram os dias de precisar colar post it na mesa ou na tela do notebook para lembrar de fazer o follow-up sobre uma negociação. Ou até mesmo de enviar e-mail individualmente a cada contato que solicita mais informações sobre o seu serviço. Se você ainda lida com tarefas repetitivas com grande frequência, este e-mail pode te ajudar a mudar esta realidade.

Tenho dúvidas sobre investir em Automação de Marketing

A automação de marketing é uma decisão óbvia para grandes empresas, que podem ter centenas ou milhares de clientes que interagem diariamente. Já para negócios pequenos, ainda há muitas dúvidas sobre investir ou não em automação de marketing.

Será que eu tenho orçamento para isso? A automação se enquadra para o meu negócio? É importante entender o que é verdade e o que não é quando o assunto é automação de marketing, para saber o que esperar desta estratégia.

Então, aqui estão oito mitos sobre automação de marketing, e a verdade por trás deles:

1. Automação de Marketing serve apenas mandar mensagens automaticamente

Dependendo do software de automação de marketing contratado, ele pode mandar mensagens para clientes e clientes em potencial, por e-mail, pela web, por mídias sociais, e por mensagens de celular.

Mas o conceito engloba muito mais do que mandar mensagens automatizadas para que você não esqueça de fazê-lo. É sobre maximizar sua eficiência, para que você não precise escrever e enviar a mesma mensagem (ou semelhantes) para clientes individuais todos os dias. É também sobre achar o público-alvo e identificar que visitantes seu site ou loja realmente precisa, para direcionar as mensagens a eles.

Além do mais, a automação permite que você estude os dados por trás das suas ações, te dando bases para decidir se você precisa mexer no seu fluxo de trabalho para capturar melhor o interesse e, no fim das contas, o dinheiro de clientes em potencial.

2. Automação de Marketing é mais fácil do que processos manuais

De muitas formas, automação de marketing é melhor, mas ela faz sua vida ficar mais fácil? Nem sempre.

Você não pode simplesmente fazer suas campanhas e esquecê-las, presumindo que elas guiarão as pessoas do começo ao fim do funil de vendas. Você precisa monitorar o que cada campanha realiza, usando os dados que você coleta para encontrar o público-alvo apropriado e atingir melhores resultados.

Automação de marketing remove a necessidade de ações rotineiras. Em vez disso, seus recursos são direcionados a criar fluxos de trabalho mais criativos e personalizados, além de melhorar sua técnica de persuasão.

3. Automação de Marketing é apenas e-mail

Como mencionado anteriormente, automação de marketing é utilizado através de uma série de canais, e não somente o e-mail.

Como o e-mail é uma ótima opção para começar o relacionamento com os potenciais clientes, você pode utilizá-lo para abrir mais opções para sua campanha de marketing, além de mais oportunidades para aquisição de leads. Continue a coletar informações sobre seus clientes – números de telefone, por exemplo – e ache formas criativas de se divulgar por eles, através da plataforma de marketing de sua escolha.

Não limite suas ambições a apenas e-mail marketing: tenha conversas com seus clientes em todo lugar que eles interagem com sua marca, especialmente em seu site, através de formulários de contato dentro de contextos específicos. E claro, explore redes sociais como Instagram e Facebook para relacionar-se com o seu público.

4. Automação de marketing é apenas para grandes empresas

Não importa o quão pequena é a sua empresa, provavelmente vale a pena investir em deixar processos automáticos tomarem conta de alguns dos seus processos manuais. Isto faz com que você possa se concentrar em atividades de nível mais alto.

Além disso, veja que tendo processos automáticos você provavelmente poderá contar com uma equipe mais enxuta, ou seja, você tende a não precisar investir em formar um time grande de vendas.

Outro ponto importante que demonstra quão acessível está se tonando automatizar os seus processos de marketing e vendas: Mais e mais fornecedores de softwares estão entrando no mercado, o que significa que até os menores negócios tem a probabilidade de conseguir um nível de serviço de acordo com seu orçamento. Construa seu fluxo de trabalho em uma escala pequena, e deixe seu processo crescer conforme a necessidade do seu negócio.

Se a automação fizer sentido agora (e couber no orçamento) ótimo, invista na automação. Caso contrário continue a construção do seu fluxo de trabalho de forma organizada. Tendo processos de trabalho bem organizados, você terá meio caminho andado para implementar a automação de marketing.

Você pode até começar com um período de teste em várias plataformas, de modo a ver que ofertas fazem mais sentido dentro da sua empresa.

5. Automação de Marketing parece robótico e impessoal

Seu material de marketing só vai parecer robótico e impessoal de acordo com a sua técnica de escrita. Você pode personalizar bastante seu material para fazê-lo parecer como se você estivesse conversando com o seu público.

Outra dica super importante: Agrupe pessoas em segmentos bem definidos. Assim você conseguirá aumentar a chance de entregar conteúdo de impacto, relacionado ao que elas já tinham respondido, para o maior número de pessoas possíveis.

Isso é, essencialmente, um ponto fundamental da automação de marketing: quando você usa o software corretamente, seu conteúdo e sua mensagem devem soar tudo, menos impessoal. Ou seja, utilizando as técnicas corretas você irá entregar conteúdo customizado, personalizado para um grande número de pessoas.

6. Marketing automatizado não irá substituir sistemas tradicionais

Talvez você sinta que suas táticas de marketing estão andando bem e então você não precisa fazer ajustes.

Se você quer competir com as maiores empresas da sua indústria, entretanto, você precisará usar algum tipo de software de marketing automatizado. A indústria de programas de marketing cresce 30% anualmente, e aqueles que não estão os utilizando planejam fazê-lo dentre os próximos 12 meses, de acordo com estatísticas coletadas pelo Emailmonday.

Tecnologia de marketing é claramente o futuro, se não o presente, da indústria. Portanto, automatizar os seus processos não é um ponto de interrogação. Isto será necessário para continuar competindo.

7. Marketing automatizado irá apenas aumentar o seu marketing

Seu investimento em automação de marketing na verdade será disseminado para outros aspectos do seu negócio.

Por exemplo, automação de marketing pode ajudá-lo a se tornar mais eficiente em relação a vendas. De acordo com o site MarketingSherpa, só 27% dos leads encontrados pelo time de vendas serão qualificados. Automação de marketing pode ajudá-lo não só a achar leads, mas a qualificá-los, pontuá-los, nutri-los, e continuar a geri-los durante o tempo de vida deles no seu funil.

Dessa forma, uma vez que o time de vendas tenha consciência deles, não desperdiçarão tempo falando com leads que não tem futuro na sua empresa.

8.Uma vez que a venda é fechada, o processo de automação de marketing acaba

O objetivo da geração de leads no marketing é transformar uma nova audiência em clientes. Porém, o processo de automação de marketing continua mesmo após a entrada de um novo cliente. Você deve trabalhar para que este cliente tenha uma boa experiência ao consumir o seu serviço. Como consequência desta boa experiência, se torna possível criar oportunidades para vender produtos melhores do que os procurados, para a venda de serviços relacionados, e para engajamento futuro de modo que a venda se repita.

Você deveria se sentir encorajado a criar fluxos de trabalho pós-vendas, que motivem as pessoas a continuarem conectadas a seu negócio e procurar vendas futuras, descontos, produtos e mais.

Automação de marketing cria uma nova era de marketing, onde o objetivo é menos a execução do básico, das atividades rotineiras e mais o pensamento criativo. Isso não faz das coisas mais fáceis, mas faz delas mais emocionantes. Hora de desmistificar os mitos e abraçar o desafio!

Artigo baseado no site Marketo, “8 Myths About Marketing Automation”